Revelado o roteirista da nova revista da Liga da Justiça

Seguindo uma onda de novas informações sobre futuros títulos e eventos da DC Comics, a editora anunciou o nome do roteirista de Liga da Justiça da América (Justice League of America, no original), novo título da equipe. Steve Orlando (Midnighter, Supergirl), roteirista que recentemente fechou contrato de exclusividade com a DC, ficará no comando dessa nova revista, que será um spin-off de Liga da Justiça vs. Esquadrão Suicida.

E falando em Liga da Justiça vs. Esquadrão Suicida, vários novos detalhes sobre o evento foram divulgados. De acordo com uma nota divulgada para varejistas pela Diamond Comic Distributors, o evento “irá reintroduzir um supervilão que não é visto há algum tempo“. Em sua própria descrição, a DC aparentemente se referiu ao vilão como uma ameaça maligna que outrora se pensou que o Universo DC havia esquecido. Confira a descrição completa abaixo:

“O dia em que Amanda Waller temia há tempos finalmente chegou: a Liga da Justiça descobriu a existência da Força Tarefa X! Os defensores da verdade e da justiça não vão aceitar muito bem uma equipe de super-vilões (com bombas implantadas em suas cabeças), mas antes que a Liga da Justiça desative de uma vez por todas o Esquadrão Suicida, um outro grande problema aparece: outra equipe mortal está agindo nas sombras, e pode expor segredos obscuros para todo Universo DC e revelar mistérios do Rebirth. Inimigos de longa data como Batman e Pistoleiro, Flash e Capitão Bumerangue e Mulher Maravilha e Arlequina terão que colocar suas diferenças de lado quando uma antiga ameaça maligna que se pensou estar esquecida retorna ao Universo DC”.

Mais nomes foram adicionados à equipe criativa por trás de Liga da Justiça vs. Esquadrão Suicida, com Tony S. Daniel – atual desenhista de Liga da Justiça – assumindo o lugar nos desenhos da minissérie principal – que outrora fora anunciado que seria de Jason Fabok. Tim Seeley – atual roteirista de Asa Noturna – se unirá à Rob Williams para os tie-ins do Esquadrão Suicida.

“Essa história é outro bloco de construção do Rebirth”, disse Geoff Johns. “Com todos os nossos heróis restabelecidos, agora é a vez dos vilões. E os eventos [de Liga da Justiça vs. Esquadrão Suicida] irão definir uma segunda fase para o Rebirth, com o surgimento de uma nova peça do quebra-cabeça que irá definir o futuro e o passado desse novo Universo DC”.

  • O Homem do QI200

    Na moral só pq falei do Prime, ai já tão falando de um supervilao a um bom tempo esquecido. Se for ele, só o Manhattan aparecendo pra impedir a aniquilação da Terra.

  • MateusDrake

    Engraçado, não consigo selecionar o texto da matéria para quotá-la…

    “Inimigos de longa data como (…) Mulher Maravilha e Arlequina”
    Oi?
    Diana e Harley são inimigas ferrenhas desde quando?
    A rivalidade dos outros dois é muito mais significativa.
    E olha que estamos incluindo o Bumerangue e o Flash!

    De resto, parece promissor, apesar de já ficar na cara que as equipes vão se opor apenas inicialmente e no título, mas se unirão para enfrentar uma ameaça maior ao final.

    Curioso para ver a importância e o impacto desse evento, geralmente saio mais satisfeito desse tipo de coisa do que com a Marvel.