Revelada a importância de Superman para Dark Nights: Metal

Grande parte da trama de Dark Nights: Metal foi construída em cima de elementos da mitologia do Batman. Mas uma história de tamanha magnitude não poderia ser desenvolvida sem envolver outros heróis do Universo DC, principalmente o SupermanDark Nights: Metal #3 nos apresentou essa conexão. O Homem de Aço foi mantido como prisioneiro de Barbatos desde o início da invasão do Multiverso Sombrio, amarrado à uma das torres macabras de energia escura, revivendo inúmeras batalhas imaginárias contra os Cavaleiros das Trevas. Ao ser libertado pelo Laço da Verdade da Mulher-Maravilha, Kal-El testemunha uma Metropolis tomada pelo Vírus do Apocalypse, traçando caminho imediatamente para confrontar Barbatos.

Mas em sua tentativa de enfrentar o Demônio do Multiverso Sombrio, o Homem de Aço é atacado pelos sete Cavaleiros das Trevas, sendo salvo por FlashSenhor Destino nos últimos minutos. Transportado para o Bar Oblívio em uma dimensão protegida por magia, Superman se reúne com outros heróis da Liga da Justiça, que compartilham suas experiências fracassadas em tentar derrotar os Cavaleiros das Trevas. Graças à informação trazida pelo Arqueiro Verde de que o Metal Enésimo pode machucar os invasores do Multiverso Sombrio, o time decide se espalhar para encontrar artefatos do raro metal. Enquanto a Liga de dispersa, Superman, Flash e Aço migram para a Fortaleza da Solidão para ativar o diapasão cósmico do Monitor para permitir que o Homem de Aço viaje até o Multiverso Sombrio e resgate Batman.

Mas ao chegar no Multiverso Sombrio, Superman realiza que caiu numa armadilha de Barbatos. Ele vê várias versões de Supermen do Multiverso mortas e o Bruce da Terra-0 revelando que Clark nunca deveria ter embarcado em uma missão de resgate. Apesar dos cinco metais reativos incorporados no corpo do Batman serem usados por Barbatos como bateria para abrir o portal da invasão, o objetivo pretendido para manter esse portal aberto em definitivo era o próprio Superman.

O Homem de Aço não é apenas o herói mais emblemático da DC, mas também um de seus personagens mais poderosos; por isso é lógico que sua presença no evento não será marginal. Enquanto Scott Snyder demostrou que Batman, sem superpoderes, pôde ser capaz de liberar um mal multiversal, Superman é um personagem que não pode ficar para trás. Kal-El pode mover planetas e criar vida, então seria estranho se Barbatos não tentasse utilizar tal poder para seus próprios fins.

No entanto, não são apenas os músculos que importam. Batman foi concebido na escuridão, enquanto a presença de Superman dilui esse tom sombrio ao redor do Cavaleiro das Trevas. Embora seja ínfima às vezes, ela é exemplificada por seu otimismo. Também é importante lembrar que é como Clark Kent que Kal-El exerce um importante papel inexplorado como pseudo-tio de Damian Wayne. Enquanto Bruce está sequestrado, Clark fornece uma presença reconfortante e familiar para o jovem Robin. Metal serve como uma prova de fogo para a dinâmica familiar construída pelos personagens ao longo do Rebirth.

A partir de agora os leitores terão que esperar até o Natal por Dark Nights: Metal #4, que tem data de lançamento marcada para 20 de dezembro. Por enquanto, ficaremos de olho no tie-in Bats Out of Hell, que começa em 25 de outubro. Um olhar sobre a tortura de Bruce Wayne no Multiverso Sombrio será apresentado em Batman Lost #1, à venda em 8 de novembro.

  • Eduardo Faria Guimarães

    Eu acho que o papel do Superman acaba aí,não vejo ele tendo foco nessa saga.