O dossiê Slade Wilson

O Exterminador. O eliminador. O maior mercenário do mundo. O assassino mais mortal. Esses são alguns dos nomes usados para descrever Slade Wilson. Porém, o mundo apenas acha que conhece o Exterminador. Muitos pensam nesse personagem apenas como um vilão mercenário, um psicopata que se só importa com dinheiro, quando na verdade, não é bem assim.

Criado em 1980 por Marv Wolfman e George Peréz, Slade nasceu para ser um vilão dos Novos Titãs. Após essa fase, ele ganhou sua série de quadrinhos solo, que durou até 1996. Com a chegada dos anos 2000, Slade viveu de aparições em várias histórias dos títulos do Batman e do Arqueiro Verde. Raramente ele foi visto protagonizando uma história, mas teve destaque em histórias como em Faces do Mal: Exterminador e Titans: Villans For Hire. Vale destacar sua participação em Crise de Identidade, que o tornou bem famoso entre os fãs devido à sua capacidade de enfrentar e derrotar vários membros da Liga da Justiça. Em 2011, com o reboot d’Os Novos 52, seu título solo foi ressuscitado, durando até 2013. Já em 2014, devido à popularidade que o personagem alcançou por sua participação em jogos e na série de TV Arrow, ele foi ressuscitado mais uma vez e se mantém até agora.

O pai de Slade, Nathaniel, era um Zé ninguém que devia dinheiro para todos. Cansado de viver com seu pai, Slade mentiu sua idade para entrar no exército com apenas 16 anos. Slade se destacava e logo se tornou um expoente entre os soldados de seu pelotão. Ele conheceu o oficial Billy Wintergreen, que acabou se tornando o melhor amigo e apoiador de Slade, mesmo na carreira como mercenário. Após subir alguns postos no exército, ele foi selecionado para fazer parte de uma série de treinamentos especiais. Ele se manteve como número #1 da turma e foi lá que conheceu Adeline Kane, sua futura esposa. Adeline saiu do exército devido à sua primeira gravidez, mas Slade continuou como militar. É interessante destacar que Slade se negava a atirar em inocentes. Com a guerra no Vietnã, o exército estava fazendo experimentos e Slade se voluntariou para tais procedimentos, já que o exército era sua vida.

Porém, o procedimento pareceu dar errado. Slade ficou maluco e descontrolado, entrou em um frenesi e depois ficou paralisado por algum tempo. O experimento foi dado como fracasso e cancelado, com Slade sendo dispensado do corpo militar. Com dois filhos, Grant e Joseph, Slade começou a ganhar a vida como caçador.

Conforme Slade enfrentava animais, ele percebia que o experimento militar tinha surtido algum efeito. Ele estava muito mais forte, rápido, inteligente e resistente que um homem normal. Billy – que continuou no exército – foi capturado em combate, deixado atrás das linhas inimigas no Vietnã. Como os militares não estavam interessados em um resgate, Slade viajou para lá sozinho, resgatando Billy. Rápido como um raio, Slade executou sem dificuldade todos os 38 homens no complexo onde Billy estava preso em menos de dois minutos.

Nesse dia, o Exterminador nasceu. Slade passou a ser um mercenário após isso, e logo se tornou famoso no trabalho devido à sua eficiência e o fato que ele nunca revelava quem o contratou. Ele conseguiu uma reputação. E como ele usava uma máscara, decidiu não contar à sua família sobre sua segunda carreira.

No exército, Slade tinha um antagonismo com Bill Walsh. Slade fez Bill ser o segundo melhor em tudo. Bill era apaixonado por Adeline, mas Slade a roubou dele também. Bill também adotou a carreira de mercenário, e foi contratado para descobrir o contratante do Exterminador em seu ultimo assassinato. Bill se torna o criminoso chamado Jackal, e com ajuda de alguns mercenários, ele ataca a família de Slade e sequestra Joseph. No meio disso, Adeline acaba descobrindo o que o seu marido faz para ganhar a vida e fica horrorizada. Slade e sua esposa vão confrontar os mercenários em seguida, que prometem soltar Joseph se Slade revelar quem o contratou para sua ultima missão.

Slade nega tais exigências e Joseph tem a garganta cortada. Porém, sobrevive, mas agora mudo pelo resto de sua vida. Slade luta contra os homens de Jackal e vence. Contudo, as cicatrizes emocionais não pararam aqui. Adeline tenta matar Slade pela sua escolha, com um tiro na cabeça. O projétil não o matou, mas o deixou caolho – Slade só desenvolveu seu fator de cura depois, então não pôde regenerar seu olho direito. Adeline também se separa de Slade e leva as crianças com ela. O Exterminador perdeu sua família e seu olho por colocar o trabalho e carreira em primeiro lugar.

Quando Slade nega um contrato com a C.O.L.M.É.I.A. para capturar os Titãs, Jackal tenta prejudicar Slade, fazendo com que seu filho mais velho, Grant – que também tinha se tornado um mercenário -, aceite o contrato. Como pagamento antecipado, Grant – agora chamado Devastador – ganharia poderes semelhantes aos de seu pai, porém instáveis. Conforme ele usasse suas novas habilidades, ficaria mais próximo da morte. Em uma batalha contra os Titãs, Grant acaba morrendo devido a tal condição. Jurando honrar o contrato do filho e vingar sua morte, a temporada de caça aos jovens heróis se abre. Assim, Slade se tornou o vilão mais notório dos Titãs. Capaz de aguentar um disparo de energia com força total da Estelar a queima roupa e rir disso depois, ele foi uma grande dor de cabeça para o grupo de jovens heróis até o reboot.

Slade se arrependeu de suas escolhas e viu o quanto a vingança o consumiu. Depois dos eventos do clássico O Contrato de Judas, ele tentou se desculpar com os Titãs, principalmente com Mutano, que acaba perdoando o Exterminador. Slade volta a ser um caçador e seu caminho volta a cruzar com o grupo de heróis mais algumas vezes, como em Teen Titans: The Plague. Só que dessa vez, ele os ajuda.

Joseph – que havia sobrevivido e começou a atuar junto com os Tiãs sob a identidade de Jericó -, numa das aventuras com a equipe de heróis, tenta ajudar Ravena a se livrar de seu pai, Trigon. Todavia, ocorrem efeitos colaterais e Joseph fica insano. Isso forçou Slade a largar sua aposentadoria e atuar como o Exterminador, mas apenas para deter seu filho. Infelizmente, Jericó só poderia ser parado com a morte. E Slade o fez. Tal ato assombra o Exterminador até hoje.

Após matar seu filho, Slade voltou a atuar como assassino de aluguel – e começou a ganhar um viés de anti-herói. Slade não é ganancioso, mas vivemos em um mundo onde quanto mais dinheiro você tem, mais respeitado você é. E é isso o que ele quer: respeito; ser reconhecido como o melhor. Ele também conhece Pat Trayce, a terceira Vigilante. Eles se apaixonam e vivem um relacionamento que não dá muito certo.

O Exterminador vive uma série de aventuras: tenta impedir uma tentativa de assassinato ao presidente dos Estados Unidos; é acusado do assassinato de um senador; vai para Gotham impedir uma serie de assassinatos; tem sua cabeça colocada a prêmio e começa a ser caçado por outros grandes assassinos e mercenários do Universo DC… E finalmente dá um fim à Bill, que tinha adotado a identidade de Devastador. No meio de suas aventuras, ele chegou a enfrentar Batman, Mulher-Maravilha, Lanterna Verde, Aquaman, Flash e Superman. Como o Arqueiro Verde já disse, existem mais homens debaixo da Terra do que estrelas no céu por causa de Slade Wilson.

Em uma missão, Slade resgata Lillian Worth e ambos se apaixonam. Lillian acaba engravidando de Slade, dando a luz à Rose Wilson. Rose viveu um bom tempo com sua mãe, mas depois de um incidente envolvendo o terceiro Devastador, Wade DeFarge, Lillian morre. Rose é adotada por outra família, onde cresceu como uma garota normal.

Se envolvendo novamente com Adeline, Slade lhe faz uma transfusão de sangue para salvar sua vida. O sangue passa por uma mutação, dando à Adeline poderes regenerativos. Vandal Savage, buscando criar um soro para imortalidade a partir desse sangue, prende Adeline à uma maquina e corta sua garganta. Adeline não poderia morrer devido ao seu fator de cura, mas o corte nunca iria se curar e ela viveria em agonia. Ela implora a morte, mas Slade não consegue matar a própria esposa. Num ato de misericórdia, Estelar consegue consegue colocar um fim ao sofrimento de Adeline. A partir daí, o Exterminador corta sua amizade e respeito pelos Titãs e a antiga rivalidade recomeça.

DeFarge vai atrás de Rose mais uma vez, mas desta vez tudo era um plano de Slade, visando trazer Rose para seu estilo de vida. Com seus pais adotivos mortos por DeFarge, Rose não tinha mais nada, sendo forçada a aceitar a oferta do Exterminador, se torna a Devastadora.

 

Agora agindo como um vilão, de fato, Slade montou sua própria equipe de Titãs, tendo Lince, Homem Tatuado, Ígnea e Osíris. Com esse time, ele foi responsável pelo assassino de Ryan Choi, o segundo Eléktron. Também caçou o Arqueiro Verde, buscando vingança pelo que foi feito em Crise de Identidade. Foi um dos membros da Sociedade Secreta de Supervilões e atuou junto aos Renegados também. Também é interessante mencionar que o Exterminador ganhou um Elseworld pós-apocalíptico, onde o vemos tentando ajudar os poucos humanos sobreviventes nesse mundo.

Durante Flashpoint, somos apresentados à uma versão pirata do Exterminador. Sua tripulação, a bordo do navio chamado Devastador, é composta por outros meta-humanos, o que lhe dá uma grande vantagem em sua missão: encontrar sua filha perdida no que antes era a Europa. As atividades de Slade acabam chamando a atenção do próprio Aquaman, que o ataca o navio e massacra toda a tripulação.

Entrando n’Os Novos 52 e passando pelo DC You, começamos a ter aventuras genéricas envolvendo o Exterminador. Sua origem e sua relação com a família foi recontada, mas em histórias medíocres que não acrescentaram muito para o personagem. Dessas novas proezas, temos o envolvimento de Slade com o Sindicato do Crime durante os eventos de Vilania Eterna. Um detalhe curioso que o evento levantou é que Slade e Lex Luthor possuem um grande respeito um pelo outro. Durante Os Novos 52 também é mostrado que Slade fez parte do Time 7, cinco anos antes de sair do exército e se tornar o Exterminador.

E Finalmente… O Renascimento. O primeiro arco do Exterminador durante o Rebirth, chamado O Profissional, envolve o retorno de Billy – que estava sumido há anos – e o restabelecimento da personalidade clássica do Exterminador. A história é uma verdadeira carta de amor aos fãs do Exterminador e reacendeu a chama que manterá Slade Wilson vivo por mais alguns anos.