Geoff Johns revela novas informações sobre Doomsday Clock e confirma grande teoria do Rebirth

Geoff Johns está afastado dos quadrinhos há mais de um ano, desde o lançamento de DC Universe: Rebirth #1. Mas ele retornará para o Universo DC ainda esse ano durante Doomsday Clock, minissérie que promete amarrar todas as pontas soltas dos últimos dois anos de publicação da DC e encerrar formalmente a iniciativa Rebirth.

Desde DC Universe: Rebirth #1 os leitores vêm procurando pistas e teorizando quanto à trama do roubo de cronologia do Universo DC que levou à existência da continuidade d’Os Novos 52, tornando a espera por Doomsday Clock ainda maior. Eis que em um painel durante a Comic-Con Internacional de San Diego, Geoff Johns confirmou uma dessas teorias, revelando que o responsável pelo roubo dos dez anos da cronologia da DC foi Dr. Manhattan.

“Se existe algum ser lá fora capaz de desafiar a esperança e mexer com o tempo de forma tão radical, esse alguém é o próprio Dr. Manhattan”, revelou Johns.

Johns também revelou que Doomsday Clock terá 12 edições – assim como Watchmen – e que se passará no futuro de um ano do Universo DC atual, deixando claro que esses eventos se passarão após Dark Nights: Metal. Segundo o roteirista, ao final da última edição, o Universo DC inteiro será afetado e a editora terá um novo ponto de partida em comum para várias novas histórias.

Alguns painéis com a arte de Gary Frank foram mostrados, junto com o teaser de Doomsday Clock, que mostra a Liga da Justiça sobre Marte, com a chamada “Quem vigia os vigilantes?”.

“Eu não queria usar o Dr. Manhattan como um apetrecho. Existem pessoas que acreditam que Watchmen nunca deveria ser tocado, mas eu tenho uma história e acredito nela. Há tantas coisas temáticas importantes sobre o que esses heróis significam para nós, e Doomsday Clock abraçará tudo isso, desde Action Comics #1 até hoje”, finalizou Johns.

Ainda durante o painel, Johns insinuou que Doomsday Clock poderá apresentar um encontro entre Lex LuthorOzymandias, que é um dos personagens em potencial para ser revelado como Mr. Oz. Ainda assim, nada foi confirmado.

Escrito por Geoff Johns com arte de Gary FrankDoomsday Clock #1 será lançado em novembro, ainda sem data definida.

  • O Homem do QI200

    Caralho, além do encontro épico entre o Superman e Dr. Manhattan, ainda teremos o fucking encontro entre os homens mais inteligentes da Terra? Que foda!
    Bom, que o Geoff Johns esclareceu que essa HQ vai passar 1 ano após o momento atual, após Dark Nights: Metal, mas confesso que isso é algo meio bagunçado, ficar rolando uma história ao mesmo tempo que a outra.
    Aí, modera, sabe qual vai ser a periodicidade dessa HQ?

    • A periodicidade não foi revelada. É possível que seja bimensal, pra acabar em maio, quando Rebirth completa dois anos. Se for mensal, só vai acabar em novembro de 2018, o que eu acho difícil.

  • Eduardo Faria Guimarães

    Eu só espero que Doomsday Clock não dê spoilers de Metal.

  • Snaked Snake

    Eu tenho a intuição – e posso estar errado – de que Geoff Johns quer fazer o que ninguém tentou em trinta anos, que é superar Alan Moore.