Frank Miller anuncia Superman: Ano Um

Durante a Comic-Con Internacional de San Diego, Frank Miller revelou que planeja fazer pelo Superman o mesmo que ele fez para o Cavaleiro das Trevas há 30 anos com um novo trabalho intitulado Superman: Ano Um. Com arte de John Romita Jr., a graphic novel irá reinventar a origem do Homem de Aço da Era de Ouro, mostrando desde sua chegada até sua formação integral como maior herói da Terra.

“Por conta de Cavaleiro das Trevas, eu trabalhei com todo panteão de heróis da DC, mas nunca tive a oportunidade de explorar o Superman separadamente”, disse Miller. “A DC Comics tem, de longe, a mais rica e mais forte mitologia, com Superman, Batman e Mulher-Maravilha no centro de todos os outros personagens, que de alguma forma, estão maravilhosamente conectados”.

Por conta do embate entre Superman e Batman e Cavaleiro das Trevas, Miller ganhou a reputação de odiar o Homem de Aço, o que ele fez questão de negar anos depois.

“A série Cavaleiro das Trevas é sobre o ponto de vista do Batman”, ele explicou. “Mas se você olhar Cavaleiro das Trevas 2, você verá um Superman muito mais calmo do que aquele visto em 1986. Batman e Superman são opostos, mas não inimigos. Eu amo Superman. Eu amo mais o Batman? Eles não são pessoas, são apenas linhas no papel”.

Miller, que teve a oportunidade de explorar brevemente o Superman em Cavaleiro das Trevas 3, revelou que tem o interesse de explorar as raízes judaicas do personagem, retornando à Segunda Guerra Mundial, época na qual ele foi criado.

Nenhuma data de lançamento foi revelada para Superman: Ano Um.

  • O Homem do QI200

    Frank Miller? Não sei se comemoro rssss. Espero que ele faça uma incrível história, até pq nos tempos atuais com uma história estabelecida do herói e já tão explorada é meio difícil inovar em algo, mas se tem alguém que pode conseguir isso é ele. E vou torcer muito por isso, pq já não sou muito fã da arte do Romita, então a história que vai fazer a grande diferença.

  • Dumas Barão

    Lembro de ter lido em algum lugar que o velho Miller tinha interesse em fazer uma história da Trindade da DC na segunda guerra: Batman na França, Superman libertando prisioneiros num campo de concentração e a MM no Pacífico enfrentando os japoneses… Preferiria mil vezes um desses enredos do que mais uma hq de origem.