Conclusão de The Button apresenta breve retorno de Jay Garrick

Jay Garrick retornou ao Universo DC ao final do crossover The Button. A estreia do herói da Era de Ouro na continuidade do Rebirth vem sendo conjecturada desde outubro de 2016, quando seu icônico capacete foi encontrado à deriva na Força de Aceleração. Se ainda existia alguma dúvida de que o herói apagado da continuidade estava prestes a fazer seu retorno aos quadrinhos, ela foi obliterada por The Flash #22.

O retorno do Flash original trouxe consigo algumas reviravoltas que os leitores não esperavam. O capítulo final do crossover entre Batman e Flash prometeu incluir pistas sobre o retorno da Sociedade da Justiça da América, e assim o fez, mas não sem lançar muitos outros questionamentos.

Flash e Batman perseguiam o Flash Reverso através do Hipertempo, tropeçando na realidade da qual Jay Garrick faz parte. Ao longo da edição, os dois heróis ouvem uma súplica incorpórea da qual não reconhecem, mas que era de Jay. As coisas ficam complicadas após o confronto de Eobard Thawne com uma desconhecida entidade – que presumimos ser o Dr. Manhattan – e a Esteira Cósmica começa a se desmontar. Com o Hipertempo desmoronando ao redor deles, Batman pede que Barry se apegue à voz como uma âncora. Barry diz o nome de quem estava proferindo a voz e nós vemos uma splash page da qual os fãs da Sociedade da Justiça esperam há anos.

Apesar de Jay retornar nos moldes que fizeram Wally West voltar em DC Universe: Rebirth #1, aqui o resultado final é muito diferente. Apesar de ter salvo a dupla de heróis no Hipertempo, Jay parece confuso e com raiva, a ponto de Barry o acusar de ter assassinado o Flash Reverso. Mais perturbador que isso, Barry está certo que o Flash original é o cérebro por trás das mudanças temporais.

Barry estende a mão para Jay, agarrando seu braço como havia feito com Wally um ano atrás. Entretanto, ao invés de uma interação emocionante de reencontro entre mentor e aprendiz, o que se segue é um momento intrigante.

Ao invés de repetir uma cena de reencontro entre velocistas, ao ser tocado por seu antigo protegido, Jay é levado para longe de Barry e Bruce numa explosão de luz – como se estivesse sendo teleportado e desintegrado ao mesmo tempo. O desaparecimento repentino deixa a dupla de heróis desconfiada sobre o papel exercido por Jay em todo esse mistério. No entanto, os heróis parecem estar abertos a considerar que assim como Wally e Thomas Wayne, “aquele outro Flash” também possa ser um aliado. Passada a tempestade, Barry ponderou suas suspeitas, considerando que ele já havia visto o capacete de Jay anteriormente. Como dito em The Flash #9, “Eu não sei o que era… Mas me encheu de esperança”.

Podemos entender que Jay Garrick ainda precisa fazer preparativos antes de entrar numa busca pela Sociedade da Justiça. O capítulo final de The Button não fez nenhuma menção à Johnny Trovoada, por exemplo. Então a probabilidade que esse mistério volte a ser abordado apenas em Doomsday Clock é alta, apesar de acreditarmos que teremos vislumbres da Sociedade da Justiça antes desse próximo evento. De fato, as páginas finais de The Button, que funcionam como um teaser para Doomsday Clock, indicam que os mistérios deixados sem solução aqui desempenharão um papel importante na série.

Também existe a questão da versão Novos 52 de Jay e o resto de seus companheiros da Sociedade da Justiça da Terra-2. A última série dos personagens chegou ao fim em março, abrindo caminho para o regresso da SJA à continuidade principal da DC, da qual estão ausentes desde o reboot de 2011.

O mistério do Rebirth continua e o envolvimento de Dr. Manhattan será explorado em Doomsday Clock, evento de autoria de Geoff Johns com arte de Gary Frank, que será lançado em novembro.

  • O Homem do QI200

    Eu fiquei feliz e puto ao mesmo tempo, ao ver o Jay Garrick fiquei felizão imaginando vê-lo reunindo a SJA novamente e puto que ele desapareceu tão rápido quanto apareceu. O epílogo só me deixou louco pra que chegue novembro, a cena mostrando o Manhattan modificando o sangue do botão, fechando a imagem e depois abrindo o mostrando o símbolo do Superman, foi muito foda.

    • Nightwing

      Agora a pergunta para a questão do Jay… Quem é o para-raios dele?

      • O Homem do QI200

        O relâmpago do Johnny Trovoada

      • Nightwing

        Foi o que deduzi depois de reler todas as quatro edições ao menos é o mais provavel.

  • Nightwing

    Uma pequena correção,é o Barry quem acusa o Jay de ter matado o Reverso. Mas esse capítulo foi muito bom pena que me deixou querendo mais e o mais vem só em novembro D: